Ronda no Bairro contará com tecnologia de ponta

O governador Omar Aziz assinou, no dia 10 de novembro, o decreto nº 31.754, com o marco legal do programa Ronda no Bairro. A solenidade foi no auditório Nina Lins, da Universidade Nilton Lins. Na ocasião, foram apresentadas as diretrizes do programa e o funcionamento do Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), desenvolvido pela PRODAM, e que irá ordenar a integração de dados do Ronda no Bairro.

O SISP foi desenvolvido sob os mais rigorosos padrões de qualidade e segurança da informação. Trata-se de uma solução tecnológica, destinada ao ordenamento de operações integradas das polícias civil e militar do Amazonas, considerando as diretrizes do programa.

O sistema permitirá o georeferenciamento e monitoramento, em tempo real, das viaturas do programa. “O SISP permitirá que as informações de áudio e vídeo geradas pelos equipamentos instalados nas viaturas sejam visualizadas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), que terá o controle sobre todos os 192 setores de vigilância do programa”, explicou o diretor presidente da PRODAM, Tiago Paiva. Além disso, diz ele, os dados serão gravados e armazenados, automaticamente, no Data Center da PRODAM.

A PRODAM também desenvolveu uma intranet para a transferência de dados das viaturas para os DIPs e CIOPs e, posteriormente, para o Data Center/PRODAM, utilizando tecnologia wireless e 3G, interligadas por uma rede de fibra ótica. A rede interna irá assegurar o trânsito de informações, com total segurança.

Cada uma das viaturas do Ronda no Bairro será equipada com equipamento de GPS, que dará a localização exata do veículo e permitirá o acompanhamento do percurso, durante os deslocamentos. A viatura terá 6 câmeras instaladas, sistema de radiocomunicação, 1 telefone móvel (que será afixado no veículo), um identificador biométrico, 1 impressora para impressão do resumo do Boletim de Ocorrência e tablet, para acesso ao SISP. As imagens geradas no veículo também ficarão armazenadas, nas viaturas, pelo período de 15 dias.

Compartilhar
Artigo anterior
Novo site amplia canais de comunicação
Próximo artigo
População passa a ter acesso à internet sem fio, nos PACs da cidade

Artigos relacionados